REWIND | rebobinar para um novo começo


exposição coletiva online
9 maio > 10 junho 2020



Será inegável afirmar que esta inesperada crise pandémica Covid-19, que nos confinou às nossas casas como única forma de combate, simultaneamente nos enclausurou de outras tantas formas. Poderá esta afirmação parecer um exagero, mas desde as primeiras semanas ou até mesmo, desde os primeiros dias, ficámos restringidos não só de movimentos, mas de outras tantas liberdades que tínhamos como consagradas no nosso quotidiano. No entanto, este período não nos limitou de pensamentos, mas os intensificou, moldou, toldou ou clarificou, numa repetição diária e incessável, incontrolável.

Indiscutivelmente, este momento digno de um universo onírico ou cinematográfico e, todavia, sem terminus, pode já hoje ser firmado como um espaço e tempo, simultaneamente, invulgar, singular e irrepetível para cada um de nós, como indivíduos e como parte integrante de uma comunidade que se vivência em velhas, renovadas e novas formas, imagens e sons, a diferentes escalas.

Urge reter este momento ímpar e a exposição colectiva online REWIND apresenta-se como resultado do desafio lançado a um grupo de reconhecidos artistas portugueses, de criarem obras inéditas, no seu contexto particular de confinamento e com recursos naturalmente limitados*, que reflictam sobre as questões, os padrões, as alterações e as esperanças que este tempo e condição individual, europeia e global instigam.

±MaisMenos±, Aheneah, Catarina Glam, Mantraste, Pantónio, Raquel Belli, Tamara Alves, The Empty Belly e Tiago Galo, compõem o grupo que exala uma diversidade plena: de estéticas, de técnicas, de processos, de formações, de vivências, de género, de gerações e de geografias. Uma diversidade, que encontra paralelo na própria pluralidade europeia que se celebra com REWIND, um termo que nunca deverá ser compreendido como um retrocesso ou regressão.

Contrariamente, o conjunto de peças que aqui se apresentam, falam-nos de novos ciclos, de regressos, de recomeços e renascimentos, de velhos e novos tempos que se contam a diferentes velocidades, de toque, de tensões na proximidade, de sombras, de extremos, de inimigos invisíveis que reconciliam, de esperança e de paz.

REWIND é o contributo de nove vozes, nove artistas, que no dia 9 de Maio de 2020 em que se celebra o Dia da Europa, se unem a um palco global que visa exaltar o todo que representa e se ambiciona no presente e futuro para a União Europeia: solidariedade, cooperação, coesão, respeito e resiliência.

Lara Seixo Rodrigues
curadora e fundadora da Mistaker Maker | Plataforma de Intervenção Artística              

* todas as obras foram realizadas durante o Estado de Emergência Nacional (Abril de 2020).
REWIND | rewind for a fresh start


online group exhibition
9th may > 10th june 2020




It’s undeniable to say that this unexpected pandemic crisis Covid-19, which confined us to our homes as the only form of combat, simultaneously enclosed us in so many other ways. This statement may seem an exaggeration, but since the first weeks or even, since the first days, we have been restricted not only from moving, but from so many other freedoms that we had as consecrated in our daily lives. However, this period did not limit us of thoughts, but intensified, molded, blurred or clarified them, in a daily, incessant and uncontrollable repetition.

Undoubtedly, this moment worthy of a dreamlike or cinematic universe and, however, without terminus, can today be established as a space and time, simultaneously, unusual, singular and unrepeatable for each one of us, as individuals and as an part of a community experienced in old, renewed and new forms, images and sounds, at different scales.

It is urgent to retain this unique moment and the online group exhibition REWIND presents itself as a result of the challenge launched to a group of renowned portuguese artists, to create unique artworks, in their particular context of confinement and with naturally limited resources*, which reflect on the questions, the patterns, changes and hopes that this time and individual, European and global condition instigate.

± MaisMenos ±, Aheneah, Catarina Glam, Mantraste, Pantónio, Raquel Belli, Tamara Alves, The Empty Belly and Tiago Galo, are part of the group that exudes a full diversity: of aesthetics, techniques, processes, formations, experiences, gender, generations and geographies. A diversity, which finds a parallel in the very European plurality that is celebrated with REWIND, a term that should never be understood as a setback or regression.

Contrarily, the set of pieces that are presented here, speak to us about new cycles, of returns, of new beginnings and rebirths, of old and new times that are told at different speeds, of touch, of tensions in the proximity, of shadows, of extremes, invisible enemies that reconcile, hope and peace.

REWIND is the contribution of nine voices, nine artists, who on May 9th 2020, on which Europe Day is celebrated, join a global stage that aims to exalt the whole that it represents and aims at the present and future for the European Union: solidarity, cooperation, cohesion, respect and resilience.

Lara Seixo Rodrigues,
curator and founder of Mistaker Maker | Platform for Artistic Intervention

* all the artworks were done during the National State of Emergency (April 2020).